PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Evangelho do dia

Evangelho do dia: Sexta, 18 de janeiro de 2019

Evangelho segundo São Marcos 2,1-12

«Levanta-te, toma a tua enxerga e vai para casa.»


 


Comentário do dia: Santo Hilário


Quando Jesus entrou de novo em Cafarnaum e se soube que Ele estava em casa, juntaram-se tantas pessoas que já não cabiam sequer em frente da porta; e Jesus começou a pregar-lhes a palavra.


Trouxeram-Lhe um paralítico, transportado por quatro homens; e, como não podiam levá-lo até junto d’Ele, devido à multidão, descobriram o teto, por cima do lugar onde Ele Se encontrava e, feita assim uma abertura, desceram a enxerga em que jazia o paralítico.


Ao ver a fé daquela gente, Jesus disse ao paralítico: «Filho, os teus pecados estão perdoados».


Estavam ali sentados alguns escribas, que assim discorriam em seus corações:


«Porque fala Ele deste modo? Está a blasfemar. Não é só Deus que pode perdoar os pecados?».


Jesus, percebendo o que eles estavam a pensar, perguntou-lhes: «Porque pensais assim nos vossos corações?


Que é mais fácil? Dizer ao paralítico: "Os teus pecados estão perdoados" ou dizer: "Levanta-te, toma a tua enxerga e anda"?


Pois bem. Para saberdes que o Filho do homem tem na Terra o poder de perdoar os pecados, Eu te ordeno», disse Ele ao paralítico,


«levanta-te, toma a tua enxerga e vai para casa».


O homem levantou-se, tomou a enxerga e saiu diante de toda a gente, de modo que todos ficaram maravilhados e glorificavam a Deus, dizendo: «Nunca vimos coisa assim».


 


Santo do dia: Santa Margarida da Hungria v., +1270; Santa Prisca ou Priscila v. m., +séc. I.

Evangelho do dia: Quinta, 17 de janeiro de 2019

Evangelho segundo São Marcos 1,40-45

Restaurar a imagem de Deus no homem


 


Comentário do dia: Santo Atanásio


Naquele tempo, veio ter com Jesus um leproso. Prostrou-se de joelhos e suplicou-Lhe: «Se quiseres, podes curar-me».


Jesus, compadecido, estendeu a mão, tocou-lhe e disse: «Quero: fica limpo».


No mesmo instante o deixou a lepra e ele ficou limpo.


Advertindo-o severamente, despediu-o com esta ordem: «Não digas nada a ninguém, mas vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela tua cura o que Moisés ordenou, para lhes servir de testemunho».


Ele, porém, logo que partiu, começou a apregoar e a divulgar o que acontecera, e assim, Jesus já não podia entrar abertamente em nenhuma cidade. Ficava fora, em lugares desertos, e vinham ter com Ele de toda a parte.


 


Santo do dia: Santo Antão abade, +356.