PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar ao arquivo de Actualidades

Bispos denuncia “massacre de cristãos” centro-africanos

22 de Novembro de 2018

O bispo de Bangassou, na República Centro-Africana, disse que além de denunciar o massacre de cristãos no país, devemos nos perguntar “por que isso aconteceu”.


Em entrevista concedida à agência Fides, Dom Juan José Aguirre se referia à morte de 48 pessoas em Alindao, após um ataque de milicianos contra a catedral e um acampamento de refugiados no dia 15 de novembro. Entre as vítimas, o vigário geral Monsenhor Blaise Mada e o padre Celestine Ngoumbango.


"Não apenas devemos denunciar o massacre de cristãos, mas também nos perguntar por que isso aconteceu", afirmou o bispo comboniano, acrescentando que “o acontecimento que desencadeou o massacre foi o assassinato de um membro do grupo armado União para a Paz na República Centro-Africana (UCP) comandado por Ali Darassa”.


Dom Aguirre explicou que “grupos como a UPC são formados por mercenários estrangeiros que ocuparam o território há cinco anos”.


“São sustentados por países do Golfo e apoiados por alguns países africanos vizinhos. Entram pelo Chade através de Birao, com armas vendidas à Arábia Saudita pelos Estados Unidos. Querem dividir a República Centro-Africana alimentando o ódio entre muçulmanos e não muçulmanos", aponta o bispo.


"Desta maneira, podem aproveitar e saquear as riquezas do país, como o ouro, os diamantes e o gado. Mas, sobretudo, alguns países estrangeiros e não africanos querem usar a República Centro-Africana como porta de entrada para a República Democrática do Congo e o resto do continente, manipulando o islão radical. Este é o jogo por trás do massacre de Alindao", declarou o prelado.

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário