Notícias
17 janeiro 2020

600 filhos adotados em 50 anos

Tempo de leitura: 2 min
Linda Herring (de camisola cor-de-rosa na foto) forneceu incansavelmente comida, roupas, amor e assistência médica a centenas de crianças que foi adotando temporariamente ou para sempre desde a década de 1970.
---

Criar apenas um filho já pode ser uma tarefa difícil para qualquer pai ou mãe. Por isso, Linda Herring, 75 anos, de Johnson County, Iowa (Estados Unidos), está a ser homenageada por ter acolhido em sua casa mais de 600 crianças ao longo de cinco décadas, e de ter adotado três delas. 

Linda, casada com Bob, teve cinco filhos. Para os criar, administrava uma creche em casa e trabalhava como guarda noturna numa escola local. Além disso, foi voluntária socorrista durante cinquenta anos. 

O mesmo amor que proporcionava aos filhos, ela foi doando também a crianças que necessitavam de atenção e cuidados médicos especiais. Em cinquenta anos, adotou mais de 600 destes “filhos do coração”. 

«Linda prestou assistência principalmente a crianças pequenas e crianças com necessidades médicas especiais», testemunham os funcionários do condado de Johnson. «Na casa de Linda, qualquer criança, mesmo que chegasse sem nada, saía de lá bem vestida e alimentada.» 

Anthony Herring, que tinha 3 anos quando foi adotado na família de Iowa, descreveu a sua mãe à cadeia de televisão CNN: «É difícil expressar em palavras o impacto dela em mim. Ela estava sempre disponível e pronta para uma criança necessitada. Essas crianças geralmente eram retiradas de uma situação traumática e ela levava-as, providenciava uma cama quente, roupas limpas, refeições quentes e amor. Ela também se esforçou arduamente para manter as famílias unidas, manter os irmãos juntos, ajudar os pais biológicos a fazer as mudanças necessárias para poder manter os seus filhos.» 

Linda Herring fez questão de colocar na parede da sala uma fotografia de cada criança que adotou: «Isso parece uma coisa pequena, mas ajudou-nos a sentir-nos como se estivéssemos em casa», lembra Anthony, hoje com 39 anos. «Lina e Bob, os meus pais, ensinaram-me que não é o sangue que determina uma família, mas sim quem temos na nossa vida para amar.» 

Agora que Linda se reformou, o Conselho de Supervisores do Condado de Johnson homenageou-a com uma cerimónia especial de agradecimento. 

E os cinco filhos biológicos de Linda e três dos seus netos mantêm o seu legado como pais adotivos.

 

Fonte: https://www.semprefamilia.com.br/virtudes-e-valores/ela-acolheu-cerca-de-600-criancas-nas-ultimas-cinco-decadas

 

Foto: Twitter Johnson County

 

Partilhar
Tags
Notícias
---
EDIÇÃO
Fevereiro 2020 - nº 582
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.