Artigos
07 setembro 2020

Luta contra a covid-19 ataca também os direitos humanos

Tempo de leitura: 5 min
A coberto da luta contra a covid-19, vários Estados estão a recorrer a soluções que ofendem os direitos humanos. E não é por aqui. O regresso a uma nova normalidade deve garantir direitos para todos.
Fernando Sousa
Jornalista
---

O Sars-Cov-2 continua a espalhar-se pela América Latina e Caraíbas das cidades à selva. É democrático, não distingue raças nem fortunas, nem credos nem sexos. Mas não se espalha da mesma maneira nem à mesma velocidade, fá-lo, país a país, conforme as desigualdades sociais em que a região é campeã, e é combatida com políticas que deixam muito a desejar. 

Metade dos oito países com mais casos de infecção registados pertence ao espaço latino-americano bem como um terço dos quinze com mais mortos, segundo contas da agência IPS. Poucos conseguiram baixar a média de novos contágios e de mortes, e não se pode garantir que os que o fizeram o tenham feito de forma sustentável. Alguns lançaram mão de tudo, inclusive da violência, para travar a progressão, e não estamos só a falar da Nicarágua, que não tem sido a única a portar-se mal. 

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2020 - nº 705
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.