Artigos
03 janeiro 2021

A incógnita Joe Biden

Tempo de leitura: 7 min
Não bastará ao presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, reparar os danos da Administração republicana na América Latina, no tocante, por exemplo, a Cuba; precisa de apostar realmente no respeito pelas soberanias locais e no multilateralismo.
Fernando Sousa
Jornalista
---

Que planos é que o novo presidente norte-americano, o democrata Joe Biden, tem para a América Latina? Ao certo, neste princípio do ano, ninguém sabe. Tudo o que há são expectativas de quem prefere esperar para ver ou de quem o conhece ou trabalhou com ele.

Um dos que mais se interrogam são os Colombianos. Iván Duque esperou pelos números até ter a certeza de que Trump, com quem tinha relações políticas privilegiadas, não tinha mesmo hipótese e só então deu os parabéns ao vencedor. Outro é o argentino Alberto Fernández, que, além de ser peronista, mantém um aceso não ao novo chefe do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o trumpista Claver-Carone.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Janeiro 2021 - nº 709
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.