Artigos
19 abril 2022

A ditadura do revolucionário

Tempo de leitura: 24 min
Daniel Ortega e a Frente Sandinista puseram fim a quarenta e três anos de dinastia Somoza para a substituir por outra tirania. A sociedade civil está debilitada, e agora as sanções à Rússia pela guerra na Ucrânia introduziram uma incógnita: o que será das autocracias do hemisfério sem o seu patrono?
Margarida Santos Lopes
Jornalista
---

O investigador social e professor universitário Diego (nome fictício que escolheu para protecção pessoal) quer «ver a situação com optimismo», mas reconhece que «é difícil vislumbrar uma saída» para o que alguns descrevem como «a pior crise política dos últimos quarenta anos» na Nicarágua, o seu país natal.

Os sonhos de democracia e justiça foram esmagados em 2018, depois de uma inusitada revolta popular contra um pacote de reformas anunciado, em Abril, pelo Instituto Nicaraguense da Segurança Social (INSS). Os mais penalizados seriam milhares de reformados, que, com pensões equivalentes a 300 ou 500 dólares mensais, passariam a contribuir com 5%, para cobrir despesas por doença.

Partilhar
Tags
Artigos
---
EDIÇÃO
Maio 2022 - nº 724
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.