Artigos
27 agosto 2022

Cidadãos de segunda

Tempo de leitura: 17 min
Desde os levantamentos árabes de 2011, a comunidade cristã no Egipto está suspensa numa linha frágil cuja segurança depende mais da própria população do que das políticas governamentais. No país, a exclusão dos cristãos coptas na vida política é evidente, apesar de representarem 10% da população.
Alfonso Masoliver
Jornalista
---
(© Lusa/Khaled Elfiqi)

 

Partilhar
Tags
Artigos
---
EDIÇÃO
Outubro 2022 - nº 728
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.