Aventura da Fé
12 fevereiro 2020

Dar vida e paz à natureza

Tempo de leitura: 2 min
A destruição dos ecossistemas, da vida de uma floresta, ou de um rio, a extinção de espécies animais e de plantas, também é matar, é ecocídio.
Jorge Ferreira
---

Era uma vez uma floresta em que viviam muitos animais e onde corria um ribeiro cristalino. Certo dia, chegaram umas pessoas e começaram a cortar árvores. Com a madeira, construíram casas e fizeram fogo. Mais tarde, montaram fábricas. Depois, fizeram estradas e chegaram os carros. Em dezenas de anos, a floresta desapareceu. A paisagem foi ficando árida. E o ribeiro enterrou-se, sobrevivendo no interior da terra. Só um ancião que sempre amou aquela terra, a respeitou, e vivia numa velha cabana conhecia o segredo do ribeiro.

Por aquela região passou um homem. Estava cansado e tinha sede. A meio do dia, encontrou a velha cabana abandonada e resguardou-se à sombra. Observando ao redor, viu uma velha bomba de água, bastante enferrujada. Foi até lá, começou a bombear, mas nada aconteceu. Reparou, então, que ao lado estava uma velha garrafa cheia de água, com uma mensagem: «Primeiro, você tem de preparar a bomba. Deite nela toda a água desta garrafa. E, por favor, encha-a novamente antes de partir.»

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2020 - nº 588
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.