A Abrir
03 maio 2022

A paz é o caminho

Tempo de leitura: 2 min
«A paz esteja convosco!» Essa saudação lembra-nos que a paz é um dom de Jesus aos seus amigos.
Bernardino Frutuoso
---

Neste mês de maio, continuamos a celebrar o tempo pascal, o período de 50 dias que se prolonga desde o Domingo da Ressurreição até ao Domingo do Pentecostes (que significa, em grego, «cinquenta dias»). São dias em que celebramos com alegria e júbilo a ressurreição de Jesus.

Neste tempo, recordamos os episódios, narrados no Novo Testamento, das manifestações de Jesus aos seus discípulos. Ele, quando se apresenta aos seus seguidores, cumprimenta-os sempre com estas palavras: «A paz esteja convosco!» Essa saudação lembra-nos que a paz é um dom de Jesus aos seus amigos. É a paz de coração, que só Ele nos pode dar e da qual nasce, como consequência, a nossa atitude de paz, de acolhimento, de fraternidade e de alegria.

Nestas semanas, deves ter visto muitas imagens da guerra na Ucrânia – espero que ao leres este texto as armas já se tenham calado. Persistem, também, conflitos noutros países, nomeadamente na Etiópia, Síria e Iémen. Como seguidores de Jesus, nós somos chamados a ser construtores de paz mediante a oração, as nossas palavras e os gestos de acolhimento, respeito, misericórdia e amor. Pois, como dizia Mahatma Gandhi (1869-1948), líder pacifista da Índia, «não há caminho para a paz, a paz é o caminho».

No primeiro domingo deste mês, como lembra a capa desta edição, recordamos de modo especial as nossas mães. Elas fazem-nos perceber e experimentar que o amor é a força que pode mudar o mundo e edificar a paz. Agradeçamos a Deus pelas nossas mães e manifestemos-lhes o nosso imenso carinho. Felicidades a todas as mães.

Partilhar
Tags
A Abrir
---
EDIÇÃO
Maio 2022 - nº 607
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.