A Abrir
01 março 2021

Melhor pai do mundo

Tempo de leitura: 2 min
Com o coração de pai, José amou a Jesus e foi amado por Jesus.
Bernardino Frutuoso
---

No dia 19 de março, celebramos o Dia do Pai. É a ocasião perfeita para agradecer o carinho, a entrega e a dedicação dos nossos pais. Fica o convite a que demonstres o apreço pelo teu pai, seja com palavras, seja com algum presente especial – sobretudo se for feito por ti.

Esta data celebra-se, em Portugal, no dia de São José, modelo de pai e esposo de Maria, a mãe do nosso amigo Jesus. A esse propósito, lembro que o Papa Francisco decidiu convocar um ano especial dedicado a São José (que terminará no dia 20 de Dezembro). Escreveu também uma bonita carta sobre este homem santo, designado nos quatro Evangelhos como «o pai de Jesus».

Foi na família de Nazaré que Jesus cresceu e aprendeu tudo. São José era o exemplo de pai trabalhador e amoroso que, com «coragem criativa», cuidava e protegia Jesus e Maria. Dia após dia, jogava, ensinava e ouvia esse menino. E como Deus era o principal habitante daquela casa, rezavam e liam as Sagradas Escrituras juntos. Com orgulho e alegria, José via Jesus crescer «em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e dos homens», como narra o evangelista Lucas.

Com o coração de pai, José amou a Jesus e foi amado por Jesus. E para que Jesus fosse feliz, ajudou-o a realizar a sua vocação e a cumprir sempre a vontade de Deus, o Pai do Céu.

Para os discípulos de Jesus, São José é também «pai de coração», e por isso o invocamos como protetor e intercessor diante de Deus. Pedimos que ampare os nossos pais e os ajude a ser como ele, pais de ternura e dedicação.

Partilhar
Tags
A Abrir
---
EDIÇÃO
Abril 2021 - nº 595
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.