Ciência e tecnologia
26 dezembro 2023

Do lixo, fazer música

Tempo de leitura: 2 min
Favio Hernán Chávez Morán é músico argentino, engenheiro e ambientalista. Em 2006, foi trabalhar para uma terra imunda de lixo, chamada Cateura, no Paraguai, e mudou-a.
Maria Filomena Silva
---

Não muito longe de Assunción, a capital do Paraguai, Cateura nasceu à beira da imensa lixeira, onde há muitos anos a grande cidade despeja diariamente o seu lixo. Não admira que a maioria dos habitantes daquela terra viva de apanhar e revender lixo, com muita pobreza à mistura.

Favio Chávez iniciou ali o seu trabalho como ecologista, mas a par disso tinha uma outra vida: dava aulas de Música e ajudava a dirigir uma pequena orquestra de crianças e jovens de famílias pobres, noutra cidade, não muito longe dali. Então, um dia, lembrou-se: porque não fazer um concerto em Cateura? Foi uma ideia luminosa. As pessoas ficaram tão entusiasmadas, que pediram a Favio que ensinasse também música aos miúdos da terra – e ele aceitou de bom grado.

Partilhar
Tags
Ciência
---
EDIÇÃO
Abril 2024 - nº 627
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.