Ciência e tecnologia
30 novembro 2021

Velas na escuridão

Tempo de leitura: 4 min
O mundo está a ser salvo por milhares de eco-heróis, como estes dois pré-adolescentes africanos.
Maria Filomena Silva
---

Diz-se que a frase «mais vale acender uma vela do que maldizer a escuridão» é do sábio chinês Confúcio, que viveu há quase 2500 anos. Na sua imagem tão vívida, ela sintetiza na perfeição uma ideia muito especial de estar na vida e no mundo: a que não espera de forma passiva, e até amargurada, pela solução dos problemas, mas que todos os dias, nas pequenas coisas e nos pequenos gestos, se lança na sua busca ativa.

Não admira que a frase tenha atravessado os séculos, mil vezes repetida – e vivida – por tantas pessoas, umas conhecidas, outras nem tanto, que deitaram (e deitam) mãos à obra para ajudar a resolver os problemas à sua volta. É isso que fazem também muitos jovens que não se conformam com a acelerada degradação ambiental no planeta, e se dedicam a torná-lo mais limpo, mais saudável e mais habitável para todos, muitas vezes com ideias e projetos simples, mas que no conjunto fazem a diferença.

Partilhar
Tags
Ciência
---
EDIÇÃO
Maio 2022 - nº 607
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.