Sala de convívio
14 fevereiro 2020

A arte (marcial) de matar a sede

Tempo de leitura: 4 min
Portugal tornou-se o primeiro país a aderir ao Thirst Project, uma iniciativa que luta para proporcionar água potável a 663 milhões de pessoas que não têm acesso a este bem.
Luís Óscar
---

Faltavam dez minutos para terminar o segundo dia de treinos, véspera dos combates para a atribuição do título europeu do estilo songahm de taekwondo, quando Constança se lesionou nas costas. Com apenas 16 anos, já tinha sido campeã europeia e, naturalmente, ficou muito frustrada por não poder renovar a conquista, ainda para mais com o campeonato a disputar-se cá em Portugal.

O azar deu-lhe ainda mais motivação. Pouco tempo depois, Constança Santos Silva conquistou o primeiro de quatro títulos mundiais na modalidade que havia começado a praticar aos 5 anos e na qual, desde os 12, ostenta o cinturão negro (símbolo de excelência, que só se alcança depois de passar dez níveis).

Partilhar
Tags
Campeões
---
EDIÇÃO
Junho 2020 - nº 586
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.