Sala de convívio
17 fevereiro 2020

A despedida

Tempo de leitura: 1 min
O cinema permite ver as diferenças das culturas, mas todos somos iguais na exteriorização das emoções.
Beatriz Guégués
---

Fartei-me de chorar no segundo fim de semana de janeiro. Fui ver o filme A Despedida, da realizadora Lulu Wang, porque uma das protagonistas é a norte-americana Awkwafina, de origem sino-coreana, e, como sabes, eu aprecio a cultura sul-coreana.

Quanto à história do filme causador das lágrimas: Billi (desempenhado por Awkwafina), uma norte-americana de origem chinesa, que fora levada para os EUA pelos pais quando tinha 6 anos, regressa à China quando lhe disseram que a sua avó Nai Nai sofre de uma doença terminal. Billi, ao saber que a avó não sabe de nada, luta contra a decisão da família de esconder o diagnóstico da avó, costume daquela cultura.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Março 2020 - nº 583
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.