Sala de convívio
08 maio 2020

A águia e as galinhas

Tempo de leitura: 3 min
Há pessoas que, por meio do exemplo da sua vida, conselhos ou trabalho, nos ajudam a saber quem somos e nos ensinam a desenvolver os nossos talentos.
Redação
---

Personagens: narrador, garça, águia, galinha e franga.

 

Narrador: Um homem capturou uma cria de águia e pô-la no galinheiro. Cinco anos depois, a águia comportava-se como as galinhas. Um dia, passou por ali uma garça…

Garça: Porque vives com as galinhas? Está bem que te tenham criado, mas és uma águia e deves voar e caçar.

Águia: Se eu tivesse nascido para voar, já teria querido voar, e já o teria feito. Ninguém me impede de fazer o que gosto.

Garça: És e serás sempre uma águia. Nasceste para voar nas alturas.

Galinha: Filhota, adotei-te e educo-te o melhor que sei. Criei-te como galinha, mas sei que não és uma de nós.

Águia: Aprendi a ser uma galinha. Como poderei voar como águia?

Garça: Só não voarás se te convenceres que és uma galinha!

Galinha: Avalia bem isto. Eu encorajei-te a fazer coisas que não sugeri aos meus filhos.

Franga: É verdade. Nós subíamos aos poleiros do galinheiro e saltávamos de lá. Mas tu trepavas a rede e voavas mais que nós.

Águia: Pois era. Mas eu via-vos no chão, bicando, e pulava para junto de vocês.

Garça: Isso não foi em vão. Aprendeste a pousar. Todavia, pertences ao céu e não à terra. Vem comigo até ao alto da montanha, para que possas abrir as asas e voar.

Águia: Tenho medo, mas vale a pena tentar.

Galinha: Tens cérebro e coração de águia. Voarás, garanto-te!

Franga: Olha o horizonte. Sente a luminosidade e a extensão do céu.

Garça: Acredita na força das tuas asas e no apoio e esperança das tuas companheiras.

Narrador: Tendo subido a montanha, a águia abriu as suas asas potentes. Pulou e começou a voar, e voou cada vez mais alto, mais rápido e mais longe.

Águia: Sou uma águia!

Pag31

 

_________________________________________

Nestes tempos da covid-19, pedem-nos que fiquemos em casa para nos protegermos, cuidar de nós e dos nossos e ser solidários com a comunidade. Os Missionários Combonianos e as revistas Além-Mar e Audácia querem contribuir para que passe este período da melhor forma possível e, por isso, enquanto durar a quarentena, decidimos tornar de leitura livre todos os conteúdos das nossas publicações missionárias.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Maio 2020 - nº 585
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.