Sala de convívio
29 julho 2020

Visitar Portugal

Tempo de leitura: 1 min
Conhecer o nosso país contribui para nos conhecermos melhor: as raízes ancestrais, os traços culturais, o caráter.
Margarida Leal
---

Já se aproxima a época alta de férias, um tempo que eu adoro, pois tenho tempo para descansar, aprender coisas novas e divertir-me. Na minha família já estamos a perguntar: "Para onde vamos nestas férias?" Como em tudo, há vários fatores a ter em consideração, mas é evidente que um dos mais relevantes tem que ver com a nossa capacidade financeira.

Muitas vezes ouço as pessoas dizem que gostariam de conhecer mais, enriquecer-se culturalmente, visitar monumentos. Contudo, não o fazem, porque não podem viajar para o estrangeiro. Sair do país não está ao alcance de todos. Então, pergunto: será mesmo necessário ir para o estrangeiro para passar umas boas férias?

Todos os anos, viajam para Portugal milhões de turistas para se deliciarem com as belezas do nosso país. E nós, portugueses, que cá vivemos, frequentemente ignoramos o tanto que o nosso país, a nossa cultura, tem para oferecer, de norte a sul e nas ilhas.

Nos dias de confinamento aproveitei para começar a pesquisar sobre os monumentos mais importantes e os recantos mais belos, naturais e maravilhosos de Portugal. Há tanto para ver! O nosso país tem tanto que ensinar, quanto à arquitetura, monumentos, literatura, música, gastronomia... Agora, há tantos lugares aonde quero ir. Até para me conhecer melhor, pois ser portuguesa é uma das maiores dádivas que posso - e devo - agradecer.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho 2020 - nº 587
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.