Sala de convívio
31 maio 2019

Ensinar felicidade e compaixão

Tempo de leitura: 2 min
Há uma escola na Índia onde a prioridade é formar crianças felizes e compassivas. Com estas habilidades, elas estão mais aptas para mudar o mundo, creem os idealizadores do estabelecimento.
---

«Nas escolas tradicionais, a prioridade é a aquisição de conhecimento – encher a cabeça das crianças com informação, depois habilidades, e, com sorte, talvez a sua escola se importe com a personalidade, o caráter e o tipo de pessoa que a criança é» - diz Vivek Reddy e Kiran Reddy, que idealizaram a Riverbend School, na Índia.

Nesta escola, «focamo-nos primeiro e principalmente no caráter dos estudantes e na sua personalidade. Queremos cultivar crianças felizes, pessoas compassivas, que vão sair daqui para o mundo e fazer algo bom», enfatizam os idealizadores desta escola pioneira na Índia que pretende formar alunos felizes e aptos para melhorar o mundo.

Para Vivek Reddy e Kiran Reddy, uma vida realizada constrói-se sobre os alicerces da felicidade pessoal e da inteligência emocional. E estes pedagogos lamentam que estas duas coisas sejam tão negligenciadas pela educação tradicional.

Na Riverbend, em vez de seguir um currículo tradicional, os próprios alunos podem decidir o que querem aprender. «O dia pode começar com meditação ou basquete; seguir pela manhã a aperfeiçoar um software ou a recitar poemas clássicos indianos; o almoço é partilhado com os amigos; a tarde pode ser passada a trabalhar em ateliês dedicadoa a resolver pequenos ou grandes problemas da região e do mundo», dizem os idealizadores da escola.

Nesta escola, o trabalho dos educadores é ajudar os estudantes a pensar de forma independente, fornecendo-lhes o conhecimento mais vasto recolhido da História e no pensamento contemporâneo.

A própria arquitetura da escola contribui para a formação integral: no centro de tudo fica o espaço de convívio comum, rodeado pelas salas de aula. Nos anéis exteriores ficam os dormitórios (pois os alunos passam toda a semana na Riverbend) e campos desportivos e jardins para estimular a diversão.

 

Fonte: Happiness.com.br e Kurani.us

Partilhar
---
EDIÇÃO
Junho 2019 - nº 575
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.