Sala de convívio
14 junho 2021

Olímpicos como nunca

Tempo de leitura: 4 min
Apertos de mãos e, sobretudo, abraços serão proibidos, tornando a celebração das conquistas um ato estritamente individual.
Luís Óscar
---

Onze mil atletas de mais de duzentos países são aguardados nos Jogos Olímpicos de Tóquio, apesar das limitações que têm condicionado toda a preparação do maior evento desportivo global, que devia ter sido realizado há um ano e que decorrerá entre 23 de julho e 8 de agosto, contra a opinião da maioria dos japoneses.

Se não houver agravamento drástico da situação pandémica, que obrigue a cancelamento de última hora, iremos assistir a uma competição bastante diferente do habitual. Nas bancadas do Estádio Olímpico não haverá estrangeiros e a capacidade será limitada a metade, com pedidos de contenção na hora de manifestar emoções, sem gritos, cânticos ou assobios.

Partilhar
Tags
Campeões
---
EDIÇÃO
Maio 2022 - nº 607
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.