Sala de convívio
01 agosto 2021

O que traz o dia

Tempo de leitura: 1 min
«Sim, é amor. Algo urgente e necessário»
Beatriz Guégués
---

Deus, tão pequeno e tão grande,

tão suave como a brisa da noite

tão forte que nem comparação lhe cabe:

tão forte que nos criou.

 

A inteligência com que fomos presenteados

Decerto tem propósito, destino, finalidade;

Descobrir os arcanos da Natureza,

Dela cuidar e respeitar.

 

Se amor não é, que palavra deveria usar

Para descrever tal imensidade?

 

Durante seis dias e seis noites,

Deus concebeu um vasto e desmedido mundo.

Espaço esse para mortais serem felizes

E agradecer pelo que lhes foi oferecido.

 

Sim, é amor.

Algo urgente e necessário:

 

Urgente é a harmonia, a silente contemplação;

Urgente é a singularidade de cada ser vivo prosperar;

Urgente é o respeito e a sustentabilidade.

 

Contemplo, lentamente, o céu:

Desenho as estrelas perluzentes com as pontas dos dedos

Formo as ilustrações que Deus desenhou

Durante sete dias e sete noites.

Ouço, com prazer, as avezinhas chilrear:

O seu piar torna a noite a mais fresca madrugada.

O aproximar do dia esgueira-se no horizonte.

 

Observo, com vagar, os elementos da Criação,

Em harmonia por si sós

Desastrosos com a presença destruidora do Homem

 

Levanto o olhar e vejo esperança.

Ergue-se o Sol diante de mim, imponente e compreensivo,

Trazendo-me a promessa de um dia novo, vida nova,

Cuidar novo e melhor.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2021 - nº 599
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.