Sala de convívio
13 dezembro 2021

Sonho entra em campo

Tempo de leitura: 3 min
Numa altura em que não param de chegar à Europa migrantes, incluindo muitos que arriscam a vida para fugir à miséria ou à guerra, o desporto volta a dar bons exemplos de como pode ser um veículo importante de integração.
Luís Óscar
---

Em Milão, segunda cidade de Itália, país de destino de milhares de africanos que se arriscam a atravessar o mar Mediterrâneo de forma ilegal, um clube de futebol junta dezenas de jovens com experiências traumáticas de sobrevivência na travessia entre o norte de África e o sul da Europa.

O St. Ambroeus FC tem o nome do santo padroeiro de Milão (Santo Ambrósio) porque lá todos são milaneses, apesar das suas origens. A maioria é da África Ocidental (Senegal, Gâmbia, Mali, etc.), mas há imigrantes de uma dezena e meia de países, alguns já naturalizados, com documentos e emprego, e muitos ainda em centros de acolhimento.

Partilhar
Tags
Campeões
---
EDIÇÃO
Maio 2022 - nº 607
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.