Música
30 julho 2022

Discos

Tempo de leitura: 3 min
«Música pela Ucrânia» reúne peças de três compositores deste país. É um disco cuja beleza nos pode salvar.
António Marujo
---

A música é, também, o sentido que lhe damos, por uma memória, um sentimento, algum acontecimento. Agora, é impossível não recorrer à música de modo a exprimir o que não conseguimos dizer de outra forma, sobre a guerra – na Ucrânia como em tantos outros lugares do mundo. Música pela Ucrânia, publicado em Abril, reúne peças de três compositores deste país (Valentin Silvestrov, do qual já se falou neste espaço, em Abril), Myroslav Skoryk e Jan Freidlin. O disco abre com uma Melodia para Orquestra de Cordas, de Myroslav Skoryk (1938-2020), que foi director da Ópera de Kyiv (o nome de Kiev em ucraniano), premiado como Artista do Povo e Herói da Ucrânia.

Como a música é agora, também, a imagem das vidas dilaceradas, das ruínas e da esperança que teima em sobreviver, escutamos esta curta peça e vemos todos esses paradoxos. Aliás, esta peça foi composta para o filme de Vladimir Denisenko, de 1982, “A Passagem Alta”, que conta a história de Yaroslava Petryn, uma comunista cuja família foi destroçada pela Segunda Guerra Mundial e que, quando regressa à sua aldeia como líder do partido, descobre que os seus familiares estavam entre os nacionalistas que tinham aterrorizado a população. Tal como no filme, esta música e este disco propõem a reflexão sobre o que nos dilacera como pessoas e como povos.

 

Disco1

 

A Cantiga de Embalar, de Silvestrov, fala-nos ainda do regaço que só a paz pode trazer. E o jubiloso Momento Musical, de Silvestrov, ou as três Paisagens de Jan Freidin, são como que o divertimento que a esperança ainda provoca. O disco resulta da vontade do violinista Daniel Hope (sul-africano de ascendência irlandesa e judaico-alemã, cujos avós escaparam ao nazismo) e do pianista ucraniano Alexey Botvinov, com o apoio de várias outras pessoas, que ofereceram o seu trabalho. Todo o produto da venda do disco reverte em favor da Aktion Deutschland Hilft, organização alemã que presta apoio humanitário na Ucrânia.

Sobre esta experiência, Daniel Hope escreveu: «Os meus pensamentos e orações estão com todo o povo e os nossos amigos na Ucrânia. Odessa, um lugar mágico, e o seu Festival de Clássicos de Odessa tornaram-se uma parte integrante da minha vida. Nestes dias, eu deveria estar em Kyiv com o pianista ucraniano Alexey Botvinov para trabalhar com o compositor Valentin Silvestrov. Em vez disso, decidimos gravar a sua música em Berlim, juntamente com outros compositores ucranianos, como uma mensagem de solidariedade musical.»

Este é um disco, como sugere o título da última peça, que nos dá uma paisagem de “estrelas num lago”. É também um disco cuja beleza nos pode salvar.

Título: Music for Ukraine

Autores: Valentin Silvestrov, Myroslav Skoryk e Jan Freidlin

Intérpretes: Daniel Hope (violin) e Alexey Botvinov (piano)

Edição: Deutsche Gramophone (disponível nas plataformas digitais)

Partilhar
Tags
Música
---
EDIÇÃO
Dezembro 2022 - nº 730
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.