Livros
08 maio 2020

Leituras

Tempo de leitura: 5 min
As nossas sugestões deste mês vão para os livros «O sofrimento de Deus», «A Tua voz no meu silêncio» e «Sozinho nas Montanhas». Boas leituras!
Marta Arrais
---

Título: O sofrimento de Deus

Autor: Pedro Miguel Mendes de Sousa

Editora: Paulus

www.paulus.pt  |  Tel. 219 488 874

Livro1

Onde está o sofrimento, aí está Deus

O leitor é desarmado assim que confronta o seu olhar com o título desta obra: O sofrimento de Deus – uma leitura sistemática a partir do Evangelho de São João. Facilmente compreende que mergulhará numa das questões que mais inquietam o ser humano: se Deus é Deus, como é que nos deixa sofrer? Mais ainda: se Deus é Deus, será que sofre connosco?

Estas são, sem dúvida, as duas grandes questões desta obra. O autor divide o seu texto em três partes diferentes, além da introdução: no primeiro capítulo debruça-se sobre o evangelho «do discípulo que Jesus amava»; no segundo capítulo detém-se na relação de aproximação de Deus com o Homem; finalmente, no terceiro (e último) capítulo, o autor analisa mais profundamente o assunto que norteia este livro – o sofrimento de Deus.

Logo na introdução da obra, o autor analisa algumas questões fulcrais do ponto de vista da fé: qual o sentido do sofrimento dos inocentes? O amor de Deus é solidário? Pode dizer-se que Deus, de facto, sofre? De onde vem o mal se Deus nos ama?

O leitor é levado a compreender que Jesus vem ao encontro do ser humano e cresce com ele. A pessoa de Jesus protagoniza essa inegável relação de Deus com o Homem. Mais adiante é possível entender que a resposta a estas questões tão profundas acaba por ser de uma simplicidade tremenda: «Onde está o sofrimento, aí está Deus».

O primeiro capítulo dedica-se à caracterização mais pormenorizada de São João e da estrutura do seu evangelho. Seguidamente, e já no segundo capítulo, o autor reflectirá sobre aquilo que nos afasta e aproxima de Deus. Se somos criados por Ele, quais as razões para não nos tornar mais ainda à Sua imagem? Pedro Mendes de Sousa cita François Varillon e, de uma forma bastante lúcida e clara, explica-nos que Deus é um Deus de amor. Como tal, só quererá que sejamos verdadeiramente aquilo que somos. É um amor que permite e que liberta e não uma relação de mera pertença. Na verdade, Deus permanece connosco, ainda que se encontre numa dimensão além do nosso entendimento. O leitor compreende, assim, que o sofrimento faz parte da sua condição humana e que Deus, de facto, não se coibirá se sofrer connosco.

A partir da leitura do terceiro capítulo o leitor perceberá que a causa do mal não deve ser entendida como proveniente de um Deus que nos ama e nos quer deixar ser. Deus não é o sofrimento, não nos dá razões para sofrer, mas decide, por causa do amor que nos tem, sofrer (sempre) connosco.

Em conclusão, esta é uma obra escrita de forma bastante clara e lúcida que pretende conduzir-nos num caminho de reflexão muito próprio e individual com base nalgumas das questões que mais nos desarmarão enquanto vivermos.

 

Livro2

Título: A Tua voz no meu silêncio

Autor: José Luís do Souto Coelho

Editora: Paulinas

www.paulinas.pt | Tel. 219 405 640

O autor, do Movimento Shalom, explica que os textos desta obra nasceram no trabalho pastoral e são fruto da oração. São um conjunto de reflexões em torno da questão da voz de Deus, como ela nos fala e interpela no nosso quotidiano. O desafio é ouvir essa voz, fazendo silêncio, e interpretá-la convenientemente.

 

 Livro3

Título: Sozinho nas Montanhas – Escrito da Prisão de Manus

Autor: Behrouz Boochani

Editora: Casa das Letras

www.leya.com | Tel. 21 041 74 10

A obra relata a experiência do jornalista curdo-iraniano que foi detido em 2013 quando tentava chegar à Austrália para pedir asilo. Terminou no centro de detenção de migrantes na ilha de Manus. De lá, o autor enviou milhares de mensagens com o telemóvel, denunciando as condições desumanas em que vivem esses refugiados.

 

_________________________________________

Nestes tempos da covid-19, pedem-nos que fiquemos em casa para nos protegermos, cuidar de nós e dos nossos e ser solidários com a comunidade. Os Missionários Combonianos e as revistas Além-Mar e Audácia querem contribuir para que passe este período da melhor forma possível e, por isso, enquanto durar a quarentena, decidimos tornar de leitura livre todos os conteúdos das nossas publicações missionárias.

Partilhar
Tags
Livros
---
EDIÇÃO
Julho 2020 - nº 704
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.