Livros
11 julho 2022

Leituras

Tempo de leitura: 4 min
Aproveite o verão e as férias para pôr a leitura em dia. Aqui ficam algumas sugestões.
Marta Arrais
---

Perdoar incondicionalmente 

A obra Perdoar incondicionalmente – uma leitura bíblico-filosófica sobre o perdão é da autoria de Susana de Sousa Vilas Boas, colaboradora da Além-Mar, e pretende ser uma reflexão aprofundada sobre o significado da importância do perdão. Na verdade, este livro não pretende definir a palavra em si, mas, antes, conduzir o leitor a reflectir sobre a visão religiosa, social e, até mesmo, pessoal do processo de perdoar alguém ou de deixar-se perdoar.

Tal como podemos ler no prefácio do João Manuel Duque, o texto que nos chega «tem uma envergadura existencial que supera de longe o âmbito estritamente académico». A realidade é que o perdão não pode ser isolado como elemento de estudo, tendo enraizados no seu significado tantos elementos subjectivos e abstractos como a culpa, a mágoa ou o amor.

A autora empreende uma reflexão séria sobre o processo de perdão à luz do pensamento filosófico de Ricoeur e de Derrida. Susana Vilas Boas vai, ainda, mais longe e acrescenta a dimensão do perdão na vida prática de Jesus, conduzindo-nos pelas palavras do Antigo e do Novo Testamento.

Na realidade, e conforme vamos mergulhando nestas páginas, entendemos que a dimensão do perdão nos envolve a nós e aos que se cruzam connosco, mas, também, inclui o perdão que merecemos de Deus, sejam quais forem os nossos erros. Acaba por ser inegavelmente interessante esta dimensão do merecimento do perdão de Deus. Na verdade, não será Deus que não nos perdoa, mas sim nós que não nos permitimos receber esse perdão.

Livro1

Oferecendo-nos uma escrita lúcida, ponderada, completa e rica de referências bíblicas e filosóficas, a autora ajuda-nos a reflectir sobre a relação entre o perdão e a dimensão salvífica do Cristianismo. Na verdade, tanto o perdão como a salvação são oferecidos, pelo Céu, à Humanidade e não cessarão com base nas nossas acções ou escolhas de vida.

Se olharmos para a perspectiva cristã, o perdão é algo mais divino do que humano, enquanto a dimensão filosófica nos impele mais para uma responsabilidade individual neste processo. No entanto, não podemos esquecer-nos da importância que nos é dada, como cristãos, no processo de salvação (tanto nossa como dos outros). Deus não nos abandona à nossa própria sorte, mas quer responsabilizar-nos e fazer-nos compreender os resultados das nossas atitudes.

Em conclusão, esta é uma obra que faz com que o leitor percorra os seus caminhos internos e se desinstale. Pretende ser um ponto de partida para o aprofundamento da nossa fé cristã, não a isolando do resto do mundo. Não nos isolando do resto do mundo.

Título: Perdoar Incondicionalmente

Autora: Susana de Sousa Vilas Boas

Editora: Paulus Editora

www.paulus.pt | Tel.: 219 488 874

 

Livro2

O autor faz uma radiografia ao atraso português, perguntando se é um modo de ser ou modo de estar. Refere que a questão identitária é um problema que carece mais de transformações concretas do que de bons diagnósticos. Indica também pistas para a mudança, apontando os principais factores onde deve incidir a transformação estrutural.

Título: «O Atraso Português»

Autor: João Maurício Brás

Editora: Guerra & Paz

www.guerraepaz.pt  |  Tel. 213 144 488 

 

livro3

O livro, que resulta de encontros entre casais, pretende ajudar os namorados e noivos a optar com consciência, fé, alegria e realismo por um amor feliz, fiel e com futuro. Uma ferramenta para poderem pensar e projectar o seu futuro com bases mais esclarecidas e respostas suficientes para abordar os desafios actuais ao amor humano e à família.

Título: «O Que Não Cresce, Decresce»

Autor: Vasco Pinto de Magalhães

Editora: Editorial A.O.

http://livraria.apostoladodaoracao.pt

Partilhar
Tags
Livros
---
EDIÇÃO
Julho 2022 - nº 726
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.