Mundo
03 janeiro 2022

Rotas seguras, em nome da vida

Tempo de leitura: 6 min
A menos que se criem rotas seguras, e legais, de migração, os traficantes continuarão a fazer o que querem e tragédias como a de Chiapas voltarão a repetir-se, na América Latina ou noutro ponto qualquer. E isso é tanto mais urgente quanto o número de migrantes está a aumentar.
Fernando Sousa
Jornalista
---
Centenas de migrantes centro-americanos caminhavam numa caravana na auto-estrada Puebla-México em direcção à Cidade do México (© Lusa/Hilda Rios)

 

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho 2022 - nº 726
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.