Mundo
21 julho 2022

Bachelet deixa Genebra

Tempo de leitura: 1 min
Michele Bachelet não se recandidata ao cargo de alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos.
Fernando Sousa
Jornalista
---

A alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos, a socialista Michele Bachelet (na foto), anunciou que não se recandidatará ao cargo que exerce há quatro anos. Em comunicado, a antiga presidente chilena (2006-10 e 2014-18) adiantou «motivos pessoais» para a não continuação no lugar, que deixará no fim de Agosto. «É hora de voltar ao Chile e à minha família», disse Bachelet, que regressa ao seu país quando este se prepara para plebiscitar uma nova Constituição. O secretário-geral da ONU, António Guterres, dirigiu-lhe um caloroso agradecimento pelo seu trabalho e o novo inquilino de La Moneda, Gabriel Boric, um quente «bem-vinda».

Partilhar
---
EDIÇÃO
Dezembro 2022 - nº 730
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.