Artigos
31 outubro 2019

Paz e reconciliação para os povos do Sri Lanka

Tempo de leitura: 10 min
A irmã missionária comboniana espanhola Beatriz Domingo trabalha com a Igreja do Sri Lanka para alcançar a convivência harmoniosa entre povos e religiões do país, e restituir a dignidade à minoria tâmil, mais pobre e marginalizada.
Fernando Félix
Jornalista
---

O Domingo de Páscoa de 2019, festa nuclear e mais importante do calendário cristão, foi um dia de festa e júbilo em todo o mundo, menos no Sri Lanka, onde houve horror. E foi uma mistura das duas experiências para a irmã missionária comboniana Beatriz Galán Domingo, que estava de passagem por Espanha – é natural de Madrid – a dias de voltar àquela nação no Sul da Ásia, onde desenvolve a sua missão. À distância – apenas física, porque a emocional e espiritual não existem nos missionários – ela sofreu com o fanatismo feroz de uns poucos que, mediante uma cadeia brutal de atentados à bomba, tingiu de sangue Cingaleses e estrangeiros. Centenas de pessoas morreram e outras centenas ficaram feridas, cristãos que tinham ido às três igrejas atingidas, turistas estrangeiros nos quatro hotéis visados e transeuntes.

A irmã Beatriz Domingo, 35 anos, que faz parte da primeira comunidade das Missionárias Combonianas no Sri Lanka, ficou atónita com o sucedido. Em declarações à imprensa a missionária afirmou: «Foi um golpe que ninguém imaginava. A convivência e o respeito entre povos e religiões eram o pão de cada dia. Ali era impensável o que acontece com as combonianas no Egipto: no Cairo, quando saem à rua, cospem-lhes no crucifixo que levam ao peito.» O temor actual da missionária é que «além da imensa e súbita violência, estes terríveis acontecimentos possam abalar a convivência pacífica na Ilha dos Mil Nomes. Agora mais do que nunca, a Pérola do Índico, mais parece a Lágrima – nome pelo qual também é conhecido o Sri Lanka – devido a tanta dor».

Partilhar
Tags
Artigos
---
EDIÇÃO
Novembro 2019 - nº 698
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.