Artigos
15 janeiro 2022

Combater a desnutrição infantil

Tempo de leitura: 10 min
Na Guatemala, os Leigos Missionários Combonianos desenvolvem um projecto que apoia o crescimento físico-cognitivo de crianças que sofrem de desnutrição crónica e, simultaneamente, organizam cursos de formação para as mães nas áreas da higiene e da nutrição.
Bernardino Frutuoso
Director
---

A República da Guatemala é um país da América Central, conhecido como o País da Eterna Primavera, pelo seu clima ameno durante todo o ano (a temperatura média da capital é de 18 graus Celsius). Com uma extensão de 108 899 km2, conta com uma população estimada de 18 393 028. A desnutrição crónica, especialmente na população infantil, é um problema que afecta o país há décadas. Segundo a Unicef (2021), 49,8% das crianças guatemaltecas sofrem de desnutrição crónica, ou seja, uma em cada duas. Uma situação que atinge níveis extremos durante a pandemia de covid-19 e põe o país entre os mais afectados do mundo em relação à desnutrição infantil – é o primeiro na América Latina e o sexto no mundo.

O projecto Chispuditos

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho 2022 - nº 726
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.