Artigos
21 novembro 2022

Provocadores de mudanças

Tempo de leitura: 9 min
O Movimento Emaús, fundado por Abbé Pierre, está presente em quatro dezenas de países. Em Portugal está prestes a celebrar quatro décadas de presença no país, a trabalhar com e para os mais pobres. Habituada a dar e receber, a comunidade precisa agora de perspectivas de futuro.
Carlos Reis
Jornalista
---

Nome para sempre associado ao altruísmo, em favor dos mais desprotegidos e marginalizados da sociedade, o fundador da comunidade Emaús é uma figura de referência nos quatro continentes. Em França, o sacerdote católico Abbé Pierre (1912-2007) chega mesmo a ser eleito o terceiro francês mais importante de sempre na iniciativa France 2, «Le Plus Grand Français de Tous les Temps».

Começou por ser membro da Ordem dos Capuchinhos e apoiante da Resistência, o movimento que, durante a II Guerra Mundial, prosseguiu a luta contra as potências do Eixo. Nos anos pós-guerra, o franciscano foi deputado democrata-cristão na Assembleia Nacional, de que se demitiu quando foi vetada uma verba destinada ao alojamento social. Já em 1949, em colaboração com um antigo recluso, cria a primeira Comunidade Emaús, na região de Paris.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Dezembro 2022 - nº 730
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.