Reportagens
23 fevereiro 2020

Foi verdadeiro milagre?

Tempo de leitura: 7 min
O Chile era considerado o país mais estável da América Latina devido ao crescimento económico, à redução da pobreza, à baixa dívida pública e à alternância governativa. No entanto, os protestos sociais estão a questionar a desigualdade e o modelo de desenvolvimento socieconómico adoptado.
Paolo Moiola
Jornalista
---

De 800 para 830 pesos (851 pesos equivalem a um euro). Este aumento do preço do bilhete do metro de Santiago transformou-se no rastilho que fez desencadear o incêndio. Iniciado em Outubro, o protesto social produziu mortos, feridos e destruição. E atraiu os holofotes sobre o Chile, até àquele momento considerado o país mais estável da América Latina. E com alguma razão: alternância no governo, crescimento económico, redução da pobreza, baixa dívida pública.

As bases socioeconómicas do Chile actual – veremos se certas ou erradas – foram lançadas durante os anos da ditadura do general Augusto Pinochet (1973-1990).

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho 2020 - nº 704
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.