Aventura da Fé
26 fevereiro 2020

Jesus como um ladrão

Tempo de leitura: 3 min
O ladrão, seja qual for a história, é uma personagem pouco abonatória. Porque teria Jesus optado por assemelhar a sua vinda à investida de um gatuno?
Maria Mendonça
---

A persuasão do Mestre não tem limites. Matilde admira esta acutilância de espírito e considera-a muito útil para instruir os seus jovens em verdades sólidas e com significado, e não papagueadas ou simplesmente memorizadas. Leem o trecho de São Mateus em que Jesus fala assim acerca da sua última vinda (Mt 24, 43): «Se o dono da casa soubesse a que horas da noite viria o ladrão, estaria vigilante e não deixaria arrombar a casa.»

– Jesus está sempre a surpreender-me! – desabafa Cristina. – Que Se compare aos pobres, aos simples, aos peregrinos, etc., ainda vá, mas a um ladrão?!...

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2020 - nº 588
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.