Valores
18 outubro 2020

Desejos dos missionários

Tempo de leitura: 2 min
Temos de assumir dois desejos com uma paixão que transforma: desejo de vida e de libertação do mal.
Mateus Bijóias
---

Apesar da pandemia de covid-19 que veio perturbar a vida quotidiana, continuamos a ser «Igreja em saída», expressão do Papa Francisco para dizer que a Igreja não existe para si mesma, mas para os outros. Os missionários não desistem, não abandonaram as suas missões. Sabem que com Deus não há nada impossível. Sabem que ter uma missão é amar. E o amor torna tudo possível. E é por isso que continuam a testemunhar o Evangelho.

Nas redes sociais e na vida quotidiana, a fé vive-se e partilha-se: são propostas leituras, partilham-se vídeos, há conversas, horas de oração, ações solidárias... Há criatividade em abundância. Os cristãos não ficamos frios. O calor fraterno vai-se manifestando de diversas formas, de acordo com a maneira de seguir Jesus Cristo sempre surpreendente, atual e necessária.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Outubro 2020 - nº 589
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.