Sala de convívio
15 outubro 2023

Miriam Makeba, o «rouxinol» de África

Tempo de leitura: 1 min
Miriam Makeba foi uma cantora e ativista sul-africana.
África González
Jornalista
---

A sul-africana Miriam Makeba, chamada Voz de África, nasceu em 1932, num subúrbio de Joanesburgo.

Cedo começou a cantar na igreja, em casamentos e noutras celebrações. Aos 22 anos, já era vocalista do grupo The Manhattan Brothers. Mais tarde, criou a sua própria banda, Skylarks, exclusivamente feminina. Em 1959, protagonizou o musical de jazz King Kong, que versava a vida do lutador de boxe Ezekiel Dhlamini. O êxito foi tão grande que, na África do Sul, mais de 200 mil pessoas assistiram ao espetáculo.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Abril 2024 - nº 627
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.