Sala de convívio
01 dezembro 2023

Luta contra os mitos da sida

Tempo de leitura: 1 min
Às vezes, mais do que a doença, são os mitos que “matam” as pessoas.
Margarida Leal
---

Dezembro começa com o Dia Mundial de Luta contra a Sida, esta doença que há tanto tempo é um tema tabu nas nossas sociedades.

Este dia foi criado tendo em vista sensibilizar a sociedade para os doentes que sofrem com esta enfermidade, homenagear todos os que faleceram em virtude da mesma, e também desestigmatizar a doença e os doentes.

A sida resulta da infeção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH). Este vírus é capaz de infetar e matar os nossos linfócitos (células responsáveis pelas nossas defesas dos “bichinhos” que coabitam connosco), tornando-nos por isso muito mais suscetíveis a ter doenças gravíssimas.

Mas atenção, às vezes, mais do que a doença, são os mitos que “matam” as pessoas. Assim, convém ter claro que nem toda a gente infetada pelo vírus evolui para o estado de sida. A medicação contra a doença é muito eficaz!  Outro mito a desfazer tem que ver com a transmissão. O VIH só se transmite através do sangue e do contacto sexual desprotegido. E é só! Não se transmite pelo toque, nem pela saliva, nem por beijos.

Cerca de quarenta anos depois do primeiro caso de sida reportado, esta doença ainda afeta e assusta o mundo. Espero que nos tornemos uma sociedade livre de preconceitos, e acima de tudo, informada, prevenida, responsável e cuidadora.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Março 2024 - nº 626
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.