Sala de convívio
13 maio 2019

Uns ténis pelo ambiente

Tempo de leitura: 1 min
Beatriz Guégués
---

Não é consumismo, é necessidade: preciso de uns ténis novos e já o disse aos meus pais. O meu pai está sempre a dizer-me que o dinheiro não nasce nas árvores, o que significa que é difícil obtê-lo e, por isso, deve ser gasto com muito cuidado. Bem, deve ser verdade, pois em inglês também se diz «money doesn’t grow on trees». Não devia ser assim, mas nós, adolescentes, somos muito pressionados – pelos nossos próprios colegas! – em relação às marcas. Eu tento passar ao lado, mas nem sempre é possível e, como já referi, preciso mesmo.

Queria uns ténis da marca... Se calhar não posso dizer. Bem, o símbolo é um trifólio cortado por três listas horizontais, que têm o significado de velocidade, meta e competição. Estão a ver? Essa marca alemã anunciou agora que vai duplicar a produção de ténis feitos com plástico retirado dos oceanos e promete produzir 11 milhões de pares. Só quero um par, e ao mesmo tempo estou a ajudar o ambiente.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho-Agosto 2019 - nº 576
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.