Sala de convívio
29 dezembro 2021

Uma história de superação

Tempo de leitura: 1 min
João Carlos Martins, nascido em São Paulo, Brasil, em 1940, é pianista e maestro de fama e valor mundial. Todavia, já teve de vencer muitas adversidades na vida.
Fernando Félix
Jornalista
---

Quando tinha 5 anos, foi submetido a uma cirurgia para retirar um tumor benigno no pescoço. A operação foi malsucedida e ele ficou com uma ferida, por onde saía a comida. Por causa disso, cresceu complexado. Foi, então, quando o pai o presenteou com um piano, foi o seu primeiro professor e o incentivou: «Vamos perseguir o sonho de te curares e tu ficarás curado.»

Aos 8 anos, o João passou pela segunda cirurgia e ficou bom. Dedicou-se ainda mais ao piano e venceu um concurso. Com 20 anos, era um dos pianistas mais aclamados no mundo, e considerado o melhor intérprete de Bach da sua geração. Contudo, aos 25 anos, a praticar desporto, sofreu uma lesão no nervo ulnar, responsável pelo movimento do braço, e ficou com atrofia em três dedos.

Sofreu, ainda, outros distúrbios musculares. Mas nunca se rendeu às adversidades. E, quando o médico lhe disse que tinha de desistir de ser pianista, tornou-se maestro.

Em agosto de 2017, a história do maestro João Carlos Martins deu origem a um filme.

Sobre o filme

Título: João, o maestro

Realizadores: Mauro Lima

Género: Biografia

Duração: 1h44

Amostra:

https://youtu.be/ae0g4SL8Zrs

Partilhar
---
EDIÇÃO
Janeiro 2022 - nº 603
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.