Mundo
25 março 2020

Dar a vida pelo irmão

Tempo de leitura: 2 min
O padre Giuseppe Berardelli, de 72 anos, afectado pelo novo coronavírus, cedeu o seu ventilador para poder salvar um paciente mais jovem e terminou por morrer.
Redacção
---

Neste tempo de pandemia ocasionado pelo novo coronavírus, faltam na região de Bérgamo, na Itália ventiladores, máquinas essenciais de sobrevivência que auxiliam a respiração em pacientes infectados. O padre Giuseppe Berardelli, de 72 anos, estava afectado pelo novo coronavírus e a comunidade paroquial tinha-lhe adquirido um ventilador para o ajudar a respirar. Mas o sacerdote, vendo que um paciente mais jovem também necessitava do ventilador, preferiu cedê-lo para que ele sobrevivesse. O sacerdote terminou por falecer.

«Don Giuseppe morreu como padre. E estou profundamente comovido com o facto de ele, arcipreste de Casnigo, ter renunciado e permitido que o seu ventilador fosse usado para salvar alguém mais novo», disse um trabalhador do lar San Giuseppe à imprensa local.

O padre Berardelli, dizem os meios de comunicação italianos, era uma figura muito amada em Lovere, comunidade italiana da região da Lombardia, província de Bérgamo com cerca de 5430 habitantes. Era conhecido pela sua proximidade para com os mais pobres, por ajudar aqueles que tinham problemas financeiros e por andar numa característica motocicleta vermelha.

Há quem já faça comparações entre o padre Giuseppe Berardelli e o Mártir da Caridade, São Maximiliano Kolbe. «Ele é um Mártir da Caridade, um santo como São Maximiliano Kolbe, que em Auschwitz [campo de concentração nazi na Polónia durante a II Grande Guerra] se ofereceu para tomar o lugar de um homem condenado que tinha família, morrendo em vez dele», escreveu num tuite o padre jesuíta James Martin.

_________________________________________

Nestes tempos da covid-19, pedem-nos que fiquemos em casa para nos protegermos, cuidar de nós e dos nossos e ser solidários com a comunidade. Os Missionários Combonianos e as revistas Além-Mar e Audácia querem contribuir para que passe este período da melhor forma possível e, por isso, enquanto durar a quarentena, decidimos tornar de leitura livre todos os conteúdos das nossas publicações missionárias.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2020 - nº 705
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.