Mundo
13 maio 2019

Afeganistão: Mortes aliadas

Tempo de leitura: 1 min
Tropas afegãs e internacionais mataram mais civis do que os fundamentalistas.
Redacção
---

As tropas afegãs e internacionais mataram mais civis do que os fundamentalistas islâmicos (talibãs) nos primeiros três meses de 2019, a maioria em ataques aéreos. Esta é a primeira vez que as mortes causadas pelo governo do presidente Ashraf Ghani e pelos seus aliados superam as dos seus inimigos, segundo a Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão (UNAMA), que pede que se «façam investigações e indemnizem as vítimas». A guerra causou no ano passado um número recorde de 3804 civis mortos, enquanto os Estados Unidos tentam negociar um acordo de paz.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho-Agosto 2019 - nº 693
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.