Artigos
19 novembro 2019

Um mundo murado

Tempo de leitura: 10 min
Há 30 anos, derrubou-se o Muro de Berlim, símbolo da divisão europeia e de uma Guerra Fria à escala mundial. Hoje em dia, os muros crescem por todos os continentes e formam uma imensa barreira para controlar a entrada de migrantes, traficantes ou inimigos.
Carlos Reis
Jornalista
---

Num mundo cada vez mais globalizado, crescem os limites à livre circulação. Um terço de todos os países do mundo tem, nas suas fronteiras, algum tipo de barreira.

A globalização aboliu as fronteiras para a economia, o comércio e a informação, em contrapartida, ergueu barreiras para as pessoas de forma a impedir os fluxos de migrantes provocados pelas crises económicas e ambientais e pelos conflitos armados. São barreiras que dividem a população, contêm refugiados, escondem as desigualdades ou entravam a guerra. Os muros estão a crescer e a redefinir as paisagens geográficas e políticas.

Partilhar
Tags
Artigos
---
EDIÇÃO
Dezembro 2019 - nº 697
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.