Artigos
19 fevereiro 2020

Casa da alegria

Tempo de leitura: 7 min
A Casa da Alegria é uma instituição católica situada em Lusaca (Zâmbia). Este projecto, dirigido pelas Irmãs da Imaculada Conceição, acolhe meninas órfãs de pai e mãe e procura ajudá-las a sentir-se em família e a desenvolverem-se humana e cristãmente.
Carlos Nunes
Missionário comboniano
---

No Centro Marian Shrine, em Lusaca (Zâmbia), os católicos reúnem-se para celebrar a fé e pedir a intercessão de Nossa Senhora de Fátima e dos três pastorinhos, a quem está dedicado o santuário. Desde 1994, estão presentes neste centro pastoral as Irmãs da Congregação da Imaculada Conceição (CIC), que vivem e trabalham no lugar. O instituto foi fundado na Índia, em 1899, pelos padres Augustine Pereira e Justin Lamey (SJ) e tem como carisma «Proclamar a Boa Nova aos pobres com simplicidade e amor». As primeiras irmãs chegaram a Lusaca a 13 de Outubro de 1994, festa de Nossa Senhora de Fátima.

Foi por iniciativa destas religiosas e o apoio dos arcebispos de Lusaca que nasceu nos terrenos do santuário o projecto Casa da Alegria: um orfanato destinado a meninas órfãs de pai e mãe. Elas sentiam que Maria, mãe de Jesus, é a mãe de todos e quer acolher no seu regaço de amor estas meninas, que sem família estão entre as pessoas mais pobres e necessitadas desta sociedade zambiana.

Partilhar
Tags
Artigos
---
EDIÇÃO
Março 2020 - nº 700
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.