Valores
25 dezembro 2023

Jesus é boa notícia

Tempo de leitura: 3 min
Para os missionários, a melhor e maior notícia que querem transmitir a cada pessoa, até aos confins do mundo, é a Boa Notícia que Jesus nos trouxe no Evangelho, e resume-se em poucas palavras: Deus ama cada um de nós como é.
Bernardino Frutuoso
---

Olá, invencível! Quando o Menino Jesus nasceu, naquela noite e naquela gruta em Belém (atualmente território da Palestina), Deus tomou a iniciativa de anunciar a grande notícia. Conta-nos o Evangelho segundo São Lucas: «Na mesma região encontravam-se uns pastores que pernoitavam nos campos, guardando os seus rebanhos durante a noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor resplandeceu em volta deles; e tiveram muito medo. O anjo disse-lhes: “Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria, que o será para todo o povo: Hoje, na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura» (Lucas 2, 8-12).

Anúncio da melhor notícia

Tenho a certeza de que também tu gostas de receber e de dar boas notícias. Uma boa novidade é algo que se oferece espontânea, alegre e generosamente aos outros. E quem a oferece considera essa notícia fascinante, boa, benéfica, a melhor e a maior de todas…

Para os missionários, a melhor e maior notícia que querem transmitir a cada pessoa, até aos confins do mundo, é a Boa Notícia que Jesus nos trouxe no Evangelho, e resume-se em poucas palavras: Deus ama cada um de nós como é. E Ele, que é irresistível no seu Amor, quer ter com cada um de nós uma relação de melhor amigo para sempre, e deseja, igualmente, que sejamos uma só família, a Sua família. Em Jesus Cristo, com as suas palavras e a sua vida, Deus construiu essa relação connosco e mostrou como se faz.

Por isso, os missionários vão pelo mundo a anunciar a Boa Nova de Deus, que está na Bíblia, e a congregar as pessoas para rezarem juntas e para serem fraternas umas com as outras, como está dito na Palavra de Deus.

Recentemente, o Papa Francisco lembrava-nos: «Hoje, mais do que nunca, a humanidade, ferida por tantas injustiças, divisões e guerras, precisa da Boa Nova da paz e da salvação em Cristo. Todos têm o direito de receber o Evangelho. Os cristãos têm o dever de o anunciar sem excluir ninguém, e não como quem impõe uma nova obrigação, mas como quem partilha uma alegria, indica um horizonte estupendo, oferece um banquete apetecível.»

Posso fazer-te um convite? Neste Natal, pega na tua Bíblia e lê a quem não conhece Jesus na tua terra o capítulo 2 do Evangelho de São Lucas.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Abril 2024 - nº 627
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.