Actualidades
05 julho 2019

Papa pede orações pela integridade da justiça

Tempo de leitura: 1 min
Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade
---

Intenção de oração do Papa Francisco para o mês de julho de 2019 pede que rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra.

Dos juízes dependem decisões que influenciam os direitos e os bens das pessoas.

A sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismos e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar.

Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade.

Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra.

As pessoas encarregadas de administrar a justiça têm grande responsabilidade. O seu trabalho não é fácil, e tem consequências que afetam diretamente a vida das pessoas. Por isso, devem manter a sua independência e imparcialidade para assegurar que a justiça tenha sempre a última palavra.

 

Partilhar
Newsletter

Receba as nossas notícias no seu e-mail