Igreja
04 julho 2019

Europa: Acolher migrantes

Tempo de leitura: 1 min
Atos de solidariedade que asseguram o respeito pelos direitos e dignidade dos migrantes e refugiados devem ser aplaudidos e encorajados, em vez de criminalizados.
Redacção
---

A confederação europeia da Cáritas, que inclui a organização católica em Portugal, saiu em defesa dos que acolhem migrantes e refugiados no continente, pedindo que estas populações sejam tratadas com «dignidade e solidariedade».

Os responsáveis católicos sublinham a importância de defender os «valores fundadores da União Europeia» e apelam aos decisores políticos europeus para que assegurem que as legislações nacionais contra o tráfico humano e contrabando não levem à criminalização do apoio humanitário a migrantes e refugiados.

A confederação europeia da Cáritas pede legislação que promova «uma Europa acolhedora com solidariedade e respeito no centro das suas políticas».

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2019 - nº 694
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.