Cultura
14 maio 2021

Ter a arte à mão

Tempo de leitura: 7 min
O bairro popular de Abobo, na cidade de Abidjan, capital da Costa do Marfim, acolhe o MuCAT – Museu das Culturas Contemporâneas Adama Toungara. É o primeiro museu marfinense de arte contemporânea, palco e oficina de criação artística acessível a todos.
Fernando Félix
Jornalista
---

Tornar a arte acessível a todos foi o mote sugerido ao prestigiado arquitecto Issa Diabaté quando lhe foi pedido que projectasse um edifício moderno e ambicioso, em que todos os cidadãos pudessem contemplar e partilhar as diferentes disciplinas artísticas contemporâneas.

A 11 de Março de 2020, o MuCAT foi inaugurado. É uma construção quadrada, de 3500 metros quadrados, hodierna e impressionante. Alberga duas salas de exposições, uma sala de conferências, um salão de dança, uma mediateca, uma biblioteca, uma sala de arquivo e vários ateliês. Está situado em frente da Câmara Municipal de Abobo. A covid-19, porém, obrigou os mais de um milhão de habitantes do bairro popular da capital Abidjan a esperar quatro meses para ver esculturas ou pinturas pela primeira vez nas suas vidas. Sessenta por cento da população do bairro tem menos de 20 anos, por isso escolas e institutos apressaram-se a organizar visitas ao museu, que, em pouco tempo, registou uma média de mais de duzentos ingressos diários.

Partilhar
---
EDIÇÃO
Setembro 2021 - nº 716
Faça a assinatura da Além-Mar. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.