Sala de convívio
26 junho 2019

Motivação

Tempo de leitura: 1 min
Para o êxito, tenho duas ferramentas: ambição = querer ser melhor; e humildade = conhecimento dos meus limites.
Margarida Leal
---

Junho é o mês de muita coisa: Dia Mundial da Criança, Dia do Sagrado Coração de Jesus, Dia Mundial do Ambiente e tantos outros. Mas, para mim, e para tantos outros estudantes, a chegada de junho significa apenas uma coisa: os exames nacionais aproximam-se. E este grande acontecimento aumenta a pressão sobre os jovens muito significativamente, de uma forma que pode ser até prejudicial para nós. Os exames trazem também a óbvia obrigação de estudar e rever uma quantidade absurda de conteúdos, e todos sabemos quão difícil é por vezes sentirmo-nos motivados para estudar e para não desistirmos de muitas das disciplinas que temos.

Para permanecer motivada, tento sempre ter em mente a razão pela qual estou a passar por todo este esforço. Quando me sinto cansada e desmotivada, relembro-me do motivo que me faz querer estudar: entrar na universidade ou, simplesmente, ter o máximo de conhecimento possível para realizar os meus sonhos. Há uma frase do poeta António Gedeão que eu mantenho sempre em mente: «O sonho comanda a vida.»

Quer seja nos estudos ou em qualquer outra dificuldade que surja na minha vida, relembrarei sempre os meus sonhos e de que é para os alcançar que estou a passar por tantos desafios e dificuldades.

Querido Diário, deseja-me boa sorte... e, claro, a todos os estudantes!

Partilhar
---
EDIÇÃO
Julho-Agosto 2019 - nº 576
Faça a assinatura da Audácia. Pode optar por recebê-la em casa e/ou ler o ePaper on-line.